Marc Fazer login
FONACATE

Estudo apresenta argumentos contra corte de salários de servidores


Documento, produzido economista Bráulio Cerqueira, elenca nove razões pelas quais a medida seria contraproducente do ponto de vista econômico
  25/06/2020
  Atualizado em 25/06/2020



Estudo divulgado pelo Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) nesta terça-feira, 23 de junho, elenca argumentos contra o possível corte salarial dos servidores, em especial diante da crise decorrente da Covid-19, que acomete o país. O documento chega para fomentar o debate público no momento em que ganha força, nos âmbitos do Executivo e do Legislativo, propostas que visam reduzir as remunerações do funcionalismo.

Intitulado “Por que não é uma boa ideia financiar a prorrogação do auxílio emergencial com corte de salários de servidores públicos?”, o estudo, produzido pelo mestre em economia e auditor federal de Finanças e Controle Bráulio Cerqueira, apresenta nove razões pelas quais a medida seria contraproducente do ponto de vista econômico.    

“Cortar salários dos servidores públicos prejudica ainda mais a atividade econômica, pois dificulta o pagamento de dívidas, de aluguéis e das despesas de consumo das famílias, reforçando a crise dos serviços e da indústria”, observa o economista, que afirma haver dinheiro nos cofres públicos para financiar a necessária manutenção do auxílio emergencial.

Leia aqui a íntegra do estudo.





Contato

Facebook
      

© ANPPREV 2020 - Associação Nacional dos Procuradores e Advogados Públicos Federais

Endereço   SAS 06 Bloco K - Ed. Belvedere - Grupo IV    Brasília/DF    CEP   70070-915
Telefone: 61 3322-0170 | 0800 648 1038

Área do Associado     Seja um associado


Nova Anpprev - a prioridade é você!
Inatto