Marc Fazer login
ASSEMBLEIA

Reforma administrativa: entidades debatem propostas com Tiago Mitraud e Instituto República.org


Durante a reunião, representantes do Fonacate repudiaram dados distorcidos divulgados pelo Instituto Millenium na segunda, 10
  12/08/2020
  Atualizado em 09/09/2020



Em assembleia realizada nesta terça-feira, 11 de agosto, o Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate) recebeu o coordenador da Frente Parlamentar Mista da Reforma Administrativa, deputado Tiago Mitraud (Novo-MG), e representantes do Instituto República.org para uma conversa sobre a condução do debate sobre a modernização do Estado. A presidente da ANPPREV, Thelma Goulart, participou da reunião. 

Mitraud explicou que o objetivo da Frente é construir uma proposta consistente, fundamentada em dados. “Não vamos apresentar uma proposta de reforma com base na superficialidade dos dados. Por isso, estamos buscando o Fonacate e especialistas da sociedade civil organizada para nos apoiar com os dados técnicos”. Com esse objetivo, segundo informou o parlamentar, serão realizados, a partir da próxima semana, debates com grupos de parlamentares que integram a Frente para tratar de desburocratização, gestão de pessoas, carreiras e seleção, matriz de vínculos, avaliação de desempenho e governança.

REPÚDIO À DISTORÇÃO

Os dados divulgados pelo Instituto Millenium sobre o setor público, que pautaram reportagens em veículos da grande imprensa nesta segunda-feira, 10, foram contestados pelos representantes do Fórum. Para os presidentes das entidades integrantes, a comparação entre o gasto com servidores públicos nas três esferas da Federação e o valor investido em saúde e educação é desonesto, pois omite, maldosamente, que dentro dos gastos com saúde e educação está, majoritariamente, a remuneração dos servidores que atuam nessas áreas. Além disso, o montante apresentado inclui despesas previdenciárias e com militares, o que também não foi esclarecido.

Francisco Gaetani, do Instituto República.org, defendeu que o “debate plural sobre a reforma deve, principalmente, se ater aos dados reais sobre o funcionalismo no Brasil”. Na mesma linha, o deputado Mitraud reforçou que o objetivo da reforma não deve ser prejudicar o servidor e sim melhorar os serviços prestados à população. 

Seguindo com o esforço para centrar esse debate em fatos, o Fórum prepara o lançamento de três novos volumes da série “Cadernos da Reforma Administrativa”. As publicações elaboradas por especialistas em gestão, economia e orçamento, entre outros, vêm tratando de maneira aprofundada temas que deveriam estar no foco de uma proposta de reforma. Um dos assuntos das próximas edições será a limitação do direito à liberdade de expressão do servidor público, sob o aspecto da Nota Técnica CRG/CGUNE 1.556, da Controladoria-Geral da União. 

O Fonacate também está preparando uma análise sobre a Instrução Normativa (IN) n. 65/2020 do Ministério da Economia, que regulamenta o teletrabalho no serviço público. Temática que será abordada na conferência digital, em outubro.  A data e a programação serão divulgadas em breve.

 





    

© ANPPREV 2020 - Associação Nacional dos Procuradores e Advogados Públicos Federais

Endereço:  SAUS 06 Bloco K - Ed. Belvedere - Grupo IV, Brasília/DF, CEP 700.70-915
Telefones: 61 3322-0170 | 0800 648 1038

Fazer login | Seja um(a) Associado(a)


Nova ANPPREV - A prioridade é você!
Inatto