Entrar
  
Entrar
Parceiros
ANPPREV

ANPPREV PARTICIPA DE GREVE GERAL E MANTÉM O POSICIONAMENTO CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA

  Publicado em 05/12/2017


Desde o início da atual gestão, a ANPPREV tem monitorado matérias legislativas que apontavam para intenções questionáveis do Governo empossado após o processo de impeachment.

 

A PEC do Teto, por exemplo, vetando quaisquer crescimentos e investimentos em áreas estratégicas do serviço público, como Educação e Saúde, foi um dos primeiros alertas no sentido de que o funcionalismo público poderia sofrer restrições danosas, conforme apontado, inclusive, na matéria "A Polêmica do Teto", publicada na edição especial da Revista da ANPPREV de 2016 (vide http://www.anpprev.org.br/redactor_data/20161215150439_revista-digital-anpprev-final_2016121514.pdf).

 

Em seguida, uma avalanche de retrocessos constitucionais se seguiu, instando a ANPPREV a participar de debates importantes, como o encontro de entidades, organizado pelo Conselho Federal da OAB, que discutiu o impacto negativo e aumento da desigualdade das relações de emprego pela Reforma Trabalhista, que restou, apesar de todos os esforços, aprovada pelo Congresso Nacional (vide https://www.anpprev.org.br/anp/noticia/conselho-federal-da-oab-promove-debate-sobre-reforma-trabalhista).

 

Ainda em 2016, a mesma edição da revista da ANPPREV divulgou artigo de autoria do Toninho do DIAP, alertando sobre a mais nova ameaça: Reforma da Previdência.

 

Já em janeiro do corrente, considerando a completa indisponibilidade do governo em dialogar e as relações mais que deturpadas com o Congresso Nacional, a ANPPREV começou os primeiros esforços para discutir estratégias que pudessem, pelo menos, alterar a proposta de Reforma da Previdência. Em parceria com a ANADEP e representantes de outras categorias, além de juristas e membros da área acadêmica, a ANPPREV foi uma das maiores responsáveis por congregar tais entidades e instituições, que, posteriormente, comporiam o MAS - Movimento Acorda Sociedade, o qual permanece diuturnamente engajado na mobilização contra a Reforma da Previdência (vide https://www.anpprev.org.br/anp/noticia/anpprev-participa-de-audiencia-publica-sobre-reforma-da-previdencia).

 

Foram inúmeras visitas ao Congresso, na tentativa de dissipar o interesse dos parlamentares na aprovação da matéria, além de manifestações de caráter público, como a primeira greve geral em 28 de abril, organizada por centenas de entidades, e cuja mobilização na Esplanada contou com a participação do Presidente Antonio Rodrigues, da Conselheira Fiscal, Lígia Nogueira e da Associada Angélica Dubra, entre outros que, literalmente, vestiram sua camiseta contra a PEC 287 (vide https://www.anpprev.org.br/anp/noticia/anpprev-luta-contra-reformas-do-governo).

 

Em junho, a Diretora de Administração, Dra. Vera Sarmet, e o Presidente Antonio Rodrigues, compareceram na audiência pública realizada a pedido do Senador Paulo Paim, por ocasião dos trabalhos da CPI da Previdência.

 

A CPI foi instalada para investigar as contas da Previdência Social, uma vez que o mote governamental para justificar a aprovação da PEC 287 se resume, basicamente, à alegação de que há um déficit nos cofres previdenciários, tese que foi veementemente negada pela ANPPREV.

 

Em sua fala, Antonio Rodrigues apontou que uma previdência pública e de caráter solidário vai ao encontro direto dos propósitos republicanos definidos pelo art. 3º da CF/88, que trata dos objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil, enquanto a atual proposta de reforma vem atender apenas o interesse mercadológico de instituições financeiras (vide https://www.anpprev.org.br/anp/noticia/anpprev-participa-de-audiencia-publica-da-cpi-da-previdencia).

 

Mais recentemente, a ANPPREV divulgou notícias sobre o andamento da PEC 287, buscando sempre uma perspectiva dos bastidores do Congresso, a fim de efetivamente se preparar da maneira correta.

 

Seguindo, entretanto, o trajeto que foi resultado direto da imposição de obstáculos ao diálogo formal e técnico entre as entidades e o Governo e, notadamente, com os parlamentares, que a ANPPREV, mais uma vez, conclama adesão ao movimento associativo e popular em defesa da Previdência Social e do servidor público, o qual tem injustificadamente sido utilizado como algoz e bode expiatório para justificar as ações corruptas do governo.

 

No último dia 5, a ANPPREV participou das mobilizações realizadas na Esplanada dos Ministérios para exigir RESPEITO aos direitos dos advogados públicos, dos servidores, dos trabalhadores e da população.

 

Junte-se a este movimento!

 

Se quiser ficar a par de todas as lutas da ANPPREV, basta checar as notícias neste link:

https://anpprev.org.br/anp/noticias

 

 



Galeria de Imagens



Últimas notícias

REUNIÃO DO CONSELHO E ASSEMBLEIA GERAL REALIZADAS EM BRASÍLIA
ENTIDADES DO FÓRUM NACIONAL DA ADVOCACIA PÚBLICA FEDERAL SE REÚNEM EM BRASÍLIA
ANPPREV sedia Encontro de Procuradores do INSS
Previdência complementar: prazo de migração acaba em julho de 2018
STF vai decidir sobre férias de 60 dias para membros da AGU
MOVIMENTO NACIONAL PELA ADVOCACIA PÚBLICA PROPÕE CARTA DE COMPROMISSO PARA CANDIDATOS
ANPPREV se reúne com dirigentes do INSS para tratar de ações judiciais e outros temas
ANPPREV prestigia posse do novo Presidente do INSS
ERRATA do Edital de Convocação da Assembleia Geral Ordinária
ANPPREV DIVULGA - CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA
ANPPREV pede reunião com relator do PL do Extrateto
Presidente do INSS é demitido
Anpprev divulga: Vale a pena o servidor mudar para o Regime de Previdência Complementar?
Promoções para advogados públicos federais
Mediação do auxílio-moradia pela AGU gera revolta
Mensagem da ANPPREV pelo Dia das Mães
Previdência dos servidores continua ameaçada
A responsabilização do advogado público na emissão de pareceres técnico-jurídicos
Alzheimer pode ser tratado com musicoterapia
Forum oficia AGU em repúdio ao controle de frequência


© ANPPREV 2018 - Associação Nacional dos Procuradores e Advogados Públicos Federais

Endereço   SAS 06 Bloco K - Ed. Belvedere - Grupo IV    Brasília/DF    CEP   70070-915
Telefone: 61 3322-0170 | 0800 648 1038

Área do Associado     Seja um associado     Facebook     Privacidade


A experiência que faz a diferença.
ANPPREV   61 3322-0170 | 0800 648-1038
1849